Dicas

dicas2Estas são algumas orientações gerais para assentamentos de pisos de rochas naturais, mármore e outras rochas ornamentais.

.Deve-se tomar cuidado com o manuseio dos pisos de rochas naturais, para que não haja quebra dos cantos e laterais dos mesmos.

.Ao realizar o recebimento de uma carga de pisos de rochas naturais, é normal que haja até 5% das peças com cantos danificados.

.Isto ocorre devido ao transporte por caminhão em nossas estradas já que na indústria. Durante o carregamento não é embarcada nenhuma peça com canto danificado.

.Peças com cantos danificados devem ser utilizadas nas laterais dos cômodos, ou para serem recortadas de acordo com a utilização na obra.

1.Estocagem na obra dos pisos de rochas naturais.

1.1.Devem ser acondicionados sobre dois tarugos de madeira com altura de 3cm na cor branca colocados um ao lado do outro;

1.2.Pisos deverão ser depositados sobre tarugos no sentido vertical;

1.3.Local de estocagem deve ser plano e seco, ao abrico do sol e chuva;

2.Preparação dos pisos a serem assentados

2.1.Limpar os pisos na sua parte rústica com escova de nylon para retirar partículas de pó;

2.2.Na parte polida e nas laterais deverá ser limpo com pano umedecido com água limpa com cuidado para não danificar as peças durante o manuseio das mesmas.

3.Impermeabilização dos Pisos

3.1.Depois de limpos e secos devem ser aplicado trés demãos de impermeabilizante;

3.2.O produto impermeabilizante deve ser aplicado na parte rústica, nas laterais e na parte polida;

3.3.Os produtos indicados são incolores, não alterando a cor do rochas naturais. Aplica-lo sem diluição;

3.4.Não aplicar impermeabilizante sobre pisos depois de assentados e rejuntados, pois o rejunte deve servir como escape da umidade do contra-piso;

3.5.Antes de realizar o assentamento dos pisos, deve-se aplicar 2 ou 3 mãos de SIKJATOP-107 ou similar na superfície do contra-piso da obra em aproximadamente 15 cm de altura das paredes de cada cômodo da obra;

3.6.Esta providência tem o objetivo de eliminar uma possível passagem de umidade do solo para as peças de rochas naturais.

4.Situações e produtos que são agressivos ao rochas naturais, que podem ser utilizados

4.1.Raspas de madeira espalhadas sobre o rochas naturais soltam nódas que podem manchar o rochas naturais;

4.2.Não depositar sobre o rochas naturais pó ou peça de gesso, pois reduz o brilho do polimento e produz fissuras;

4.3.Produtos químicos tais como: thiner, solvente, diluente, ácido nuriático, ácidos de limpeza, água sanitária, cloro, graxa e óleos, podem causar manchas em sua superfície;

4.4.Não adicionar cal ou areia saibrosa na massa do assentamento;

4.5.Não deixar areia ou outro abrasivo em contato com a superfície do rochas naturais;

4.6.Não usar palhas de aço ou lã de aço para retirar excesso do rejunte. Os resíduos destes produtos em contato com a umidade oxidam, produzindo manchas amareladas no rochas naturais e no rejunte.

5.Assentamento de pisos de rochas naturais

5.1.Os pisos de rochas naturais devem ser assentados com um espaço entre as pelas de 1 a 2cm. para que o rejunte obtenha boa aderência e para que haja uma evaporação da umidade do solo;

5.2.O rejunte só poderá ser aplicado após a secagem completa da massa ou argamassa de assentamento, fato que ocorre normalmente após 6 ou 7 dias de assentamento;

6.Cuidado com a Limpeza e manutenção do rochas naturais

6.1.Após o assentamento varrer várias vezes com vassouras de pêlos finos e macios;

6.2.Limpar várias vezes com pano umedecido em água limpa com um pouco de detergente netro. Não lavar com água em abundância;

7 Cuidados após o assentamento do rochas naturais

7.1.Depois de assentados, secos e limpos, os pisos de rochas naturais deverão ser cobertos com uma lona plástica preta ou de papelão ondulado em rolo, fixados com fita adesiva nas laterais das paredes;

7.2.Esta providência é necessária para que os produtos agressivos ao rochas naturais citados anteriormente, não entrem em contato com os pisos durante a execução da obra;

Nossos Produtos